Posts Tagged ‘trigêmeos’

O sexto ano….

25 de novembro de 2015

Esse ano foi um dos mais intensos da minha vida… e olha que de intensidade eu entendo bem…

Em outro momento, quando for oportuno, conto mais sobre os acontecimentos.

Hoje, não poderia deixar de registrar aqui o sexto ano das crianças, com foco no ano escolar,  até porque esse blog foi sempre pensado nos amigos, mas principalmente, nos meus três filhos, amados….

Nós quatro…

Infelizmente, eles não puderam permanecer no Jardim de infância por motivo de idade. O corte da data de nascimento acabou obrigando os três a entrarem no primeiro ano do fundamental com apenas 5 anos, o que acho uma falta de sensibilidade e pressa desnecessária em alfabetizar crianças que têm a vida inteirinha para aprender esse tipo de coisa… ao contrário do brincar, que é só nessa fase da vida… subir em árvore, brincar de roda, fantasiar, acreditar em contos, em fadas, no papai noel…

Acho que já comentei aqui anteriormente que os três estudam em escola Waldorf, desde o Jardim. Graças ao apoio de familiares, amigos e anjos que encontramos no caminho, conseguimos construir a primeira escola de ensino fundamental Waldorf da região.

Lá, durante esse ano, as professoras desenvolveram com os menores da sala, algumas atividades voltadas para a idade deles e de acordo com o desenvolvimento humano de cada um… o que sempre me tranquilizou no sentido de estar no caminho certo…. Mas qual é esse caminho? E como saber se ele é o certo?

Simplesmente não sei….. não existe resposta pronta pra essas coisas…

Só que prefiro arriscar e proporcionar aos meus filhos a possibilidade de serem seres humanos felizes, independentemente da profissão que escolherem, independentemente dos bens materiais que conquistarem. Que consigam ouvir e seguir seu coração e que sempre trilhem o caminho da verdade…. por mais difícil que esse caminho seja, respeitando principalmente a sua intuição e seus valores, o seu ritmo de desenvolvimento e de evolução humana.

Isso é difícil? Sim… e muito…. Dá trabalho? Sim, muito mais…. Precisa ter coragem, e muita! Muita determinação para conseguir se manter firme em cada momento da vida…Manter o foco, respirar fundo e ouvir o coração…  Gera insegurança, medos, e riscos… um bocado deles também…

Este é o caminho certo? Não sei… mas é o que eu acredito, que eu acredito hoje….e se lá na frente eles acharem que não foi o caminho certo…. pedirei desculpas, sinceras, assumirei minha falha… e procuraremos o novo caminho a ser seguido… a nova história a ser traçada…e de repente sigo com eles… ou não….

Por enquanto vejo que estamos indo bem… ainda seguiremos por esta trilha… com muito amor, respeito e verdade…

Às vezes repenso as coisas que falo, quando eles me olham e dizem: – Mãe, não tem importância… (se quebraram meu castiçal de cima da mesa) … sim realmente não tem… se for pensar bem… a gente cola, a gente conserta ou simplesmente recicla…

Porque ouvir do Igor: – Mãe, estou tão feliz que nem sei o que te dizer….. (não precisa dizer mais nada… jamais esquecerei esse dia…)

Amor de Igor

Porque ouvir do Caio: – Mãe, achei que seria legal, mas não TÃO legal assim….. (quando ele foi comigo na fórmula 1)

12003881_1071805162852912_1143652857641907304_n

Porque uma das mensagens mais lindas que já ouvi foi da Júlia…. Na qual ela disse: “- te amo você…. te amo tooooooddoooooo mundo!” (quem estava lá comigo sabe que foi impagável)
12032285_1061497797216982_961057773109768369_n

 

E isso….de verdade…. não tem preço…
10449464_1074155522617876_7900054104550429067_n-2

 

 

Anúncios

Coração apertado, mais uma etapa da vida….

9 de dezembro de 2014

Essa semana tivemos reunião na sala de aula das crianças. Não sei se já comentei aqui, mas escolhemos a pedagogia Waldorf para a educação dos pequenos, por se tratar de uma linha antroposófica, humanizada e nos identificarmos com ela.

O trio irá para o primeiro ano do fundamental no ano que vem, acho SUPER cedo, visto que irão completar os 6 anos somente no final de março.

Enfim, como leis são para serem seguidas, as crianças irão para a escola e deixarão o jardim de infância…

Não tinha caído a minha ficha dessa transição até a reunião com a professora e os pais da classe deles  hoje, e quando ela falou que na próxima semana seria o encerramento, imediatamente minha barriga gelou, fiquei com um nó na garganta e o pensamento longe, que me fez lembrar imediatamente do quanto chorei no ano passado quando assistimos ao teatro da época do natal com as crianças, a hora que eu olhei para as mães dos pequenos que iriam sair do jardim, simplesmente TODAS estavam soluçando de chorar….. claro que pensei…. Danou, ferrou, me lasquei… esse ano sou eu…

Falei pra todo mundo, sem pensar, sem nem perceber se havia interrompido alguma frase de alguma mãe: – Meu Deus, vou chorar horrores no encerramento esse ano…..

Na mesma hora começamos todas a lembrar do ano anterior e nossos olhos encheram-se de lágrimas… lágrimas de mudança, de transição, de medo, de pavor, de etapa finalizada, de missão cumprida, de perceber que eles estão crescendo… que não estarão mais no jardim de infância… que teremos novidades… “Que nossos passarinhos estão com as asas mais fortes, e com essas asas, deixam o ninho, para que novos passarinhos possam chegar….”

Ai, ai, ai… cadê meu lenço de papel?…. lá vem o frio na barriga de novo…. meu nó na garganta, minha lágrima no cantinho do olho…..

Minha cabeça até dói… mas acho que devem ser meus óculos que estão com o grau errado…. não posso esquecer meus óculos escuros no encerramento…. ai, ai, ai…..

Vou beber água, já volto….

……….

……….

Voltei, respirei fundo e agora tento de novo entender o que aconteceu, o que ainda acontece, o que vai acontecer no último dia de jardim de infância…. parece que lembro de todas as mães que conheci, quando eu era pequena, dizendo que filhos serão sempre crianças… por mais que cresçam, façam suas vidas, construam suas famílias e histórias… que envelheçam, que morem longe… mesmo assim, nos corações dos pais, serão sempre crianças….

 

 

 

Sumida

26 de maio de 2014

Pessoal, estou SUPER sumida do blog…

Muito trabalho, crianças e coisas pra resolver, mas prometo que em breve volto com muitas novidades. Vou colocar aos poucos as atualizações de aniversários e fatos interessantes com eles.

Ainda preciso selecionar algumas fotos pra postar e compartilhar aqui com vocês.

Vou colocar algumas hoje pra matar as saudades e  para vocês verem como o tempo voooaaaaaaa!!!!

 

As meninas da casa…..

Júlia

Igor com a mamãe!!

Imagem

 

 

Caio com a mamãe….

 

caio

 

 

Nós quatro – parte 2

18 de julho de 2013

Nossa semana de férias foi simplesmente fantástica!

Primeiro que a estrutura do Serrambi é ótima para crianças, a praia é perfeita com os quiosques bem localizados e o serviço de praia muito rápido.

Como dica, sempre saiba onde fica o banheiro mais próximo, porque quando eles pedirem para ir, você não dica doida, com a bolsa, crianças, tudo pra carregar junto…

Passávamos o dia na praia, quando chegava a hora do almoço, comíamos uma porção maravilhosa de isca de peixe e continuávamos na praia… Era de tudo um pouco, areia, mar, comida, bebida e principalmente picolé…

De tarde, dormíamos até umas 19hs e então a gente jantava. De noite sempre tinha alguma atividade ou show no palco e os três amavam!!!

Por fim, eles aproveitaram bastante, e eu pude corujar muitoooo!!!

Valeu cada minuto!!!

Aqui a imagem da praia, super tranqüila e com uma vida marinha enorme!!!

Image

Hora da soneca da tarde… E eu me enfiava ali no meio…ImageImageImageImageImageImage

Quarto aniversário chegando!

18 de março de 2013

Estamos no corre dos preparativos para o quarto aninho!

Como eles agora estão maiores, começaram a escolher o tema da festa.

Os meninos querem o Buzz e o Woody do Toy Story, e a Júlia não se convenceu do tema, quis a Ariel, pequena sereia pela qual está encantada!

Bora procurar cores, brinquedos e decoração que abrace de maneira legal esses dois temas da festa, pois afinal, a festa é deles e pra eles!!!

Carnaval!!!

25 de fevereiro de 2012

O carnaval chegou!!!! E as crianças ganharam baile só pra elas!!!

Adoro matinê de carnaval! Lembro que a gente se acabava de tanto dançar, pular, cantar e fazer aquelas voltinhas no salão.

Tinha concurso de fantasias, muito confete e serpentina!

Os três usaram a fantasia que já tinham em casa (porque são lindas!!E ainda servem!) e foram pra folia!!!

No começo ficaram maio desconfiados, muito barulho, gente esquisita, fantasiada, mas depois aproveitaram bastante!!

Olha a cara do Igor achando tudo muito esquisito..rsrsrs

A Júlia encontrou a branca de neve!!!

O Caio queria ver tudo do alto!!!

O papai ficou só vendo aquilo tudo…

A primeira foto 3 x 4 a gente nunca esquece!!

25 de janeiro de 2012

Acredito que existem infinitas possibilidades para tudo que fazemos, e descobri que minha barriga gela a cada vez que o dia de início das aulas se aproxima…

Não fizemos a reserva de matrícula no final do ano passado, por falta de verba e acredito que, principalmente por falta de iniciativa.

Mas essa semana me peguei mais determinada do que nunca de que iria iniciar o processo de vida escolar das crianças.

Fui na escola, conversei com a professora e tirei todas as dúvidas sobre o processo de adaptação escolar. Iremos seguir com a sugestão da professora que é deixá-los às 8 da manhã e buscar às 10h durante a primeira semana, e se tudo correr bem, na segunda semana já ficarão até o meio dia.

Foi um dia engraçado, uma mistura de sentimentos inéditos, intensos e indescritíveis para mim… uma mistura de ansiedade, satisfação, orgulho, medo, insegurança, perda, enfim… um frio na barriga enorme!!!

Fui comprar alguns itens que eles irão precisar, como galochas, capa de chuva, guarda-chuva, tênis e me vi pensando: “Como eu imaginei o dia em que os três vão começar a escola”!!! Esse dia está chegando e devo admitir que para mim é como se uma etapa da vida deles terminasse e iniciasse uma nova, nova para todos nós… de novo…

Tenho comparado aos períodos de desmame, de tirar chupetas e mamadeiras, do desfralde (apesar de ainda usarem fraldas para dormir), o início da vida escolar para mim está sendo intenso, imagino como um grande passo.

Fico imaginando como os três irão se comportar, sem a mãe, o pai ou uma babá por perto…como irão pedir pra ir ao banheiro, beber água. Se irão fazer manha, como será o choro, as amizades, o compartilhamento. Como será que eles irão brincar, vestir a mochila, lanchar…

Na lista de documentos solicitados pela escola estavam as fotos 3×4 deles. Nunca tiramos, porque eles ainda não têm documentos com identificação por foto (RG, passaporte). Então providenciamos… Tirei as fotos com minha máquina e o Breno acertou o tamanho para que nossa impressora fotográfica revelasse… e revelou aquilo que eu acho que não queria ver…. eles cresceram!

 

Não são mais bebês, nem nenês, são crianças lindas, inteligentes e amadas, que estão escrevendo sua história no mundo e principalmente no meu coração…

Filhos, a mãe está aqui torcendo muito mais do que o necessário para que dê tudo certo… Até porque vocês sabem muito bem como fazer! Mas mãe é assim mesmo, torce dobrado, ou no meu caso… triplicado!

Balaio de gato…

20 de novembro de 2011

Esses dias estava arrumando umas coisas em casa de noite quando desci a escada de dei de cara com essa cena encantadora!

Os quatro ali, sentados na sala, sem pensar no mundo lá fora, só importava aquele momento, aquele agora, aquele balaio de gato…

Achei tão lindo que corri pra pegar a minha máquina e fotografar pra não esquecer nunca mais. Não que eu vá esquecer, mas uma imagem pode ajudar muito a relembrar o momento, a cor da cena, as idades, essa união.

Aquele pé com pé da Júlia e do Caio, aquela mão do pai curioso em analisar tamanha perfeição da natureza, aquele olhar desconfiado do Igor ali sendo observado, mas não querendo estragar a sensação da mamãe em pensar que ninguém está vendo ela tirar a foto…esses detalhes eu gosto de analisar como presentes do momento da foto…

Amor é tão simples e gostoso assim… amo vocês!!! Meu balaio de gatos!

Feliz Dia das Crianças!!!

12 de outubro de 2011

Hoje de manhã foi super gostoso, primeiro, porque os presentes que eles ganharam estavam em cima da mesa do café da manhã, e eu havia dito que foi a fada das crianças que havia passado por aqui…

Depois, resolvemos sair pra comprar um bolo pois queríamos cantar parabéns para “todas as crianças do mundo”, como eles mesmos dizem, e lá fomos nós….

Demoramos a achar uma doceria aberta, pois hoje é feriado, mas achamos naquela que tem meu bolo favorito (muita sorte!!! Pude cair na tentação de um bolo alpino MARAVILHOSO!!!)

Estacionamos o carro na praça perto dali e fomos comprar, na volta, paramos no parquinho da praça pra eles brincarem um pouco em algo que sempre é melhor quando é a primeira vez… amaram!!!

Caio

Igor

Júlia

As boquinhas sujas de chocolate são por conta de um picolé de chocolate que tomaram no caminho… e tem coisa mais fofa que criança lambuzada?

Quando chegamos em casa, arrumamos o bolo com a vela e cantamos o parabéns para todas as crianças do mundo!!!!

Depois do bolo, foram brincar com uma estação do Thomas que demos para os três brincarem, mas acho que quem brincou mais foi a mamãe…. adoro essas coisas de montar!!! rsrsrs

Gosto de dar brinquedos em que os três interagem, não sei se com vocês é assim, eles têm seus brinquedos individuais mas brincam muito com esses que são mais interativos… claro que sempre dá uma briga, um quer o trem do outro, ou quer usar a rampa que o outro está, ou estão no clima de uma discussão mesmo, mas acredito que isso faça parte do processo de aprendizado deles…

Logo mais farei um post sobre a escola. Estou iniciando o processo de reserva de matrícula para o ano que vem eles começarem na escola… parece estranho, um tipo de novo corte do cordão umbilical entre a casa e o mundo, uma sensação esquisita de que chegou a hora, mas que poderia esperar mais um pouquinho…

Estou com um frio na barriga… mas acho isso bom…

Cuidando do futuro!!

27 de setembro de 2011

Acho que faz uns 3 meses que o Breno apareceu com um pé de Ylang-ylang em casa e resolvemos plantar.

Foi uma festa só, os três colocaram avental de jardineiros e foram ajudar o pai a plantar a árvore no jardim de casa. Eles adoraram! Na ocasião acabei não tirando nenhuma foto, pois levei a filmadora para gravar cada minutinho da arte!

Colocamos adubo, que explicamos ser uma vitamina pra árvore crescer forte, a terra, que é o alimento e por último a água, pra plantinha não ficar com sede.

Agora eles acostumaram a dar água para as plantas, inclusive nossa nova árvore que tem ido muito bem e crescido rápido!

Os três ajudam a molhar, pegam a mangueira e ficam ali cuidando da arvorezinha, que da última vez ganhou até companheiros… rsrsrs os patinhos e a dona pata!

Esta foi a primeira de muitas árvores que pretendemos plantar aqui por perto. Meu pai me trouxe uma muda de cerejeira, aquela árvore japonesa linda, principalmente quando floresce. Estamos cuidando da muda pra ver se ela pega bem e depois, plantaremos na terra definitiva do nosso jardim… dedos cruzados!

Nós estamos fazendo nossa parte para um futuro melhor…. e você?


%d blogueiros gostam disto: