Archive for janeiro \28\UTC 2012

Mais controle….

28 de janeiro de 2012

Essa semana a escola ofereceu atividades de férias para os alunos e interessados. Inscrevi os três na sexta-feira, já que para mim era mais tranquilo.

O dia amanheceu feio e chuvoso e assim permaneceu o tempo todo! Os kits chuva entraram em ação e após uns 15 minutos de paramentação no carro (tira sapato, põe na mochila, coloca a galocha, coloca a capa, pega o guarda-chuva….detalhe… x 3), conseguimos entrar na escola.

Deixei os três com a professora e como já havia falado no carro, disse que iria trabalhar e que depois buscava pra irmos pra casa.

Os três ficaram,me deram tchau, só que com umas carinhas meio de não entender muita coisa… não choraram… fui embora… bem feliz!!!

Fui buscá-los de tarde no horário combinado e estavam os três bem, me perguntando se eu havia chegado, abraçando, beijando e lá começamos novamente a paramentacão para ir embora andando na chuva.

Os professores falaram que depois que eu fui embora os três choraram, às vezes em duplas alternadas, às vezes os três, mas depois ficaram bem. O lance é que a professora e o professor (são casados) tem dois filhos na escola, e eles perceberam que quando um deles chamava pela mãe (professora), os meus perguntavam : – cadê a minha mãe? E aí começou o chororô..

Acredito que na cabeça deles, se a mãe do amigo estava na escola, porque a deles não estava?

Mas no fim deu super certo! Voltaram dormindo no carro e ficaram ótimos!

Estou mais calma, segunda-feira começa o ano letivo pra valer…. e trarei novidades… dedos cruzados e óculos de sol! ; )

Obs: Achei essas roupas de chuva fantásticas, pois como levaria os três debaixo do guarda-chuva? Até por que quando eles querem conversar, tiram o guarda-chuva da cabeça, a coordenação não é das melhores e essas botas e capas protegem super bem!!! Aprovadíssimo o investimento!!!

Anúncios

A primeira foto 3 x 4 a gente nunca esquece!!

25 de janeiro de 2012

Acredito que existem infinitas possibilidades para tudo que fazemos, e descobri que minha barriga gela a cada vez que o dia de início das aulas se aproxima…

Não fizemos a reserva de matrícula no final do ano passado, por falta de verba e acredito que, principalmente por falta de iniciativa.

Mas essa semana me peguei mais determinada do que nunca de que iria iniciar o processo de vida escolar das crianças.

Fui na escola, conversei com a professora e tirei todas as dúvidas sobre o processo de adaptação escolar. Iremos seguir com a sugestão da professora que é deixá-los às 8 da manhã e buscar às 10h durante a primeira semana, e se tudo correr bem, na segunda semana já ficarão até o meio dia.

Foi um dia engraçado, uma mistura de sentimentos inéditos, intensos e indescritíveis para mim… uma mistura de ansiedade, satisfação, orgulho, medo, insegurança, perda, enfim… um frio na barriga enorme!!!

Fui comprar alguns itens que eles irão precisar, como galochas, capa de chuva, guarda-chuva, tênis e me vi pensando: “Como eu imaginei o dia em que os três vão começar a escola”!!! Esse dia está chegando e devo admitir que para mim é como se uma etapa da vida deles terminasse e iniciasse uma nova, nova para todos nós… de novo…

Tenho comparado aos períodos de desmame, de tirar chupetas e mamadeiras, do desfralde (apesar de ainda usarem fraldas para dormir), o início da vida escolar para mim está sendo intenso, imagino como um grande passo.

Fico imaginando como os três irão se comportar, sem a mãe, o pai ou uma babá por perto…como irão pedir pra ir ao banheiro, beber água. Se irão fazer manha, como será o choro, as amizades, o compartilhamento. Como será que eles irão brincar, vestir a mochila, lanchar…

Na lista de documentos solicitados pela escola estavam as fotos 3×4 deles. Nunca tiramos, porque eles ainda não têm documentos com identificação por foto (RG, passaporte). Então providenciamos… Tirei as fotos com minha máquina e o Breno acertou o tamanho para que nossa impressora fotográfica revelasse… e revelou aquilo que eu acho que não queria ver…. eles cresceram!

 

Não são mais bebês, nem nenês, são crianças lindas, inteligentes e amadas, que estão escrevendo sua história no mundo e principalmente no meu coração…

Filhos, a mãe está aqui torcendo muito mais do que o necessário para que dê tudo certo… Até porque vocês sabem muito bem como fazer! Mas mãe é assim mesmo, torce dobrado, ou no meu caso… triplicado!


%d blogueiros gostam disto: