Archive for maio \20\UTC 2011

Morro de São Paulo

20 de maio de 2011

As crianças adoram praia!!! Aproveitamos o feriado da páscoa e fomos conhecer Morro de São Paulo.

Ficamos num hotel simples, mas muito gostoso e bem localizado!

As crianças aproveitaram muito!!! A areia é mágica e as ondas então… não têm explicação pra eles!!

Dá pra ficar horas com os pés enterrando na areia conforme as ondas chegam… mas muitas horas mesmo…

 

E ainda comemorar a alegria de poder correr pra onde quiser… sem medo de ser feliz!!!!

Meus heróis!

20 de maio de 2011

No meu tempo de criança as fantasias eram feitas em casa, pela minha mãe. Ou improvisadas, com pedaços de pano, de árvores, de pau…

Agora se quisermos, podemos encontrar até nas lojas de 1,99…e são bem bonitas!!

Foi assim no carnaval, quando eles começaram a entender a coisa da fantasia… tive em casa uma baiana e dois piratas!!!

Depois do aniversário, passaram por aqui a Minie e dois sapos…

Ultimamente estão frequentando a nossa casa o Batman, Superman e a Branca de Neve!

Acho muito legal essa fase deles curtirem fantasias, de todos os tipos e personagens, acredito que alimenta a imaginação e a fantasia deles.

Com essas roupas, quando eles passeam aqui na redondeza, arrancam muitos sorrisos de quem vê! É diversão garantida!!!

Esses são os meus heróis!!!

O desfralde continua…

19 de maio de 2011

A operação desfralde está sendo um sucesso!!!

Ontem (primeiro dia) o Igor fez xixi 3 vezes e a Júlia 2. O Caio não fez nenhuma.

Hoje o Igor fez xixi uma vez, pediu pra ir no pinico e fez cocô… ficaram super felizes e fizeram “viva”!!! O Caio fez o primeiro xixi depois do jantar e a Júlia não fez nenhum dos dois hoje.

Quando fazem alguma coisa (xixi ou cocô) eles ganham um adesivo (que adoram) e ficam super felizes com a recompensa. Não sei se essa é a melhor forma de estimular o hábito, mas tem funcionado por enquanto…

Vou informando as novidades…

Operação desfralde…

17 de maio de 2011

Agora é oficial… começaremos a operação desfralde aqui em casa.

Levei as crianças na pediatra e perguntei quando é a melhor hora e a melhor forma de tirar as fraldas. Ela me explicou que a idade mais indicada é a partir dos 2 anos, mas que não existe uma regra fixa para a “melhor” idade.

A técnica ensinada foi a seguinte (primeiro para o xixi):

– Comprar fraldas de treinamento, que são aquelas que não têm abertura, tipo uma cueca/calcinha de colocar pelas pernas.

– Comprar penicos, acabei comprando três, um de cada cor, pra que eles façam ao mesmo tempo e estimulem uns aos outros.

– A técnica consiste em a cada 1h tirar as fraldas e deixar que eles sintam o “geladinho” , se puder abrir uma torneira, melhor. Espera-se um pouco e sobe a roupa de novo.

– Acabei não deixando no banheiro, porque não cabem os três e porque um olhando o outro me pareceu melhor, já que quando levava um pra tentar fazer, os outros continuavam brincando e aquele que foi fazer xixi não queria “perder tempo”.

Para o cocô:

– Precisa ser mais observador do que prático. Toda criança começa a desenvolver o seu padrão de comportamento, mas geralmente começam a se afastar e procurar um cantinho para fazer força. É na hora que eles começam a procurar o cantinho que temos que levar para o penico. Não adianta levar quando já começaram, porque acaba até prendendo e a criança não consegue mais fazer, segura.

O ideal é levar por baixo dos braços, não pegar no colo e “sentar”a criança no braço., porque fica mais difícil deles fazerem depois.

Sgora, o despertador aqui em casa funciona de hora em hora!!! Até agora estamos indo bem…vou contando por aqui as novidades…

Feliz dia das mães!!!!

9 de maio de 2011

Meu segundo dia das mães!!!!! Adorei essa foto e me sinto triplamente abençoada por Deus em poder tê-la! Só Ele sabe o que foi necessário para que esse sonho se tornasse realidade!

Que delícia essa sensação de alegria e benção que é ser mãe!

Nunca imaginei como seria essa experiência, só me lembro de que eu queria, e queria muito, muito mesmo!

Ainda não sei descrever a sensação de ser mãe. Uma palavra tão pequena e tão cheia de valor, de significado, de emoções. Um título que recebi há dois anos e prezo em honrar tamanha felicidade, responsabilidade e alegria!

Sou mãe coruja sim, mãe leoa, mãe durona, carinhosa, exigente, cuidadosa, brincalhona, mãe presente, mãe amorosa e tudo o que eu desejo ser, na hora que eu devo ser… isso é bom, é muito bom!

Hoje, no dia oficial, fomos almoçar na casa da Vó Lélia, e passamos o dia lá. Estava uma delícia!!!

Coloquei uma roupa igual em mim e na Júlia, com direito a jeans saruel, cinto de onça e blusa de cobra… ficou uma graça! Mas acabei não tirando uma foto… na próxima eu registro e posto aqui…

Essa semana, quando cheguei em casa as crianças fizeram uma “apresentação” que as babás ensaiaram com eles, foi a interpretação da música da Adriana Partimpim: “Fico assim sem você”. Eles cantaram, dançaram e vieram me dar um abraço e um beijo no final com um bolo fictício (era um brinquedo) pra me dar… uma fofura!!! Fiquei emocionada! (pra variar) e foi tão bom….

Fico Assim Sem Você

Adriana Partimpim

Composição : Claudinho

Avião sem asa.
Fogueira sem brasa.
Sou eu assim sem você.
Futebol sem bola.
Piu-piu sem Frajola.
Sou eu assim sem você.

Porquê é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim?
Eu te quero a todo instante.
Nem mil auto-falantes.
Vão poder falar por mim.

Amor sem beijinho.
Buchecha sem Claudinho.
Sou eu assim sem você.
Circo sem palhaço.
Namoro sem amasso.
Sou eu assim sem você.

Tô louco pra te ver chegar.
Tô louco pra te ter nas mãos.
Deitar no teu abraço.
Retomar o pedaço.
Que falta no meu coração.

Eu não existo longe de você.
E a solidão é o meu pior castigo.
Eu conto as horas pra poder te ver.
Mas o relógio tá de mal comigo.
Por quê?
Por quê?

Neném sem chupeta.
Romeu sem Julieta.
Sou eu assim sem você.
Carro sem estrada.
Queijo sem goiabada.
Sou eu assim sem você.

Por que é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim?
Eu te quero a todo instante.
Nem mil alto-falantes.
Vão poder falar por mim.

Eu não existo longe de você.
E a solidão é o meu pior castigo.
Eu conto as horas pra poder te ver.
Mas o relógio tá de mal comigo.

Eu não existo longe de você.
E a solidão é o meu pior castigo.
Eu conto as horas pra poder te ver.
Mas o relógio tá de mal comigo.

Desejo a todas as mães um feliz dia e que Deus ilumine nossos caminhos, ações e decisões para que sempre seja pelo melhor!


%d blogueiros gostam disto: